Apego Emocional – Entre Amor, Necessidade e Desejo!

Apego Emocional – Entre Amor, Necessidade e Desejo. Além disso, não deixe que o apego emocional controle sua vida, seus desejos e seu modo de ser. Conheça as chaves para seguir em frente. Quando falamos de relacionamentos tóxicos, com pessoas narcisistas, abusivas ou emocionalmente dependentes, esquecemos de falar sobre a outra parte, isto é, as pessoas que atraem um casal com um comportamento irregular. É por isso que hoje quero compartilhar informações sobre pessoas que sofrem de “apego emocional” a pessoas completamente insalubres.

Apego Emocional - Entre Amor, Necessidade e Desejo
Apego Emocional – Entre Amor, Necessidade e Desejo

Em nossa cultura, o apego não significa nada de mal, pelo contrário, é bom ter apego à sua família, costumes e tradições. No entanto, neste é o caso, que eu vou me referir ao apego que é sinônimo de “vício”. Em geral, os apegos não são para pessoas saudáveis, Pelo contrário, nos apegamos às pessoas mais egoístas, narcisistas ou abusivas, porque só com elas podemos sofrer as conseqüências.

Para esclarecer este ponto, deixe-me dar um exemplo: em um casal em que um dos membros é emocionalmente dependente, você está dando cerca de 70% de amor, dedicação e esforço para ter de suportar maus-tratos e receber o prazer mínimo.

Parece cruel e até ridículo, mas é assim que, Pessoas que sofrem de apego emocional a um casal, percorrem um longo caminho de desvalorização e medos que levam à perda de dignidade e auto-respeito.

Imaturidade Emocional, a Necessidade e o Desejo:

A imaturidade emocional implica um baixo nível de tolerância à frustração, isto é, frustrado por pequenas coisas. Isso acontece porque as coisas não acontecem como elas querem ou pensam.

Pessoas ligadas a uma pessoa, ideia ou coisa, têm uma grande “necessidade” de se apegar a isso; eles não escolhem livremente, mas por impulso para satisfazer sua necessidade de prazer. Vale a pena aqui diferenciar as necessidades primárias, que são as necessidades básicas de cada pessoa, e as necessidades secundárias que têm uma ligação estreita com a “necessidade”.

Apego Emocional - Entre Amor, Necessidade e Desejo.
Apego Emocional – Entre Amor, Necessidade e Desejo

Desejar excessivamente geralmente afeta a vida emocional e física das pessoas. Não é errado querer ou propor atingir metas na vida, o perigoso é desejar tanto e não estar disposto a perder.

Algumas Dicas para Desistir do Vício:

Como mencionei no começo deste artigo, depois de ler o livro, pude reconhecer alguns padrões de apego em minha pessoa, então comecei imediatamente a trabalhar em alguns pontos importantes para o desapego, que desejo compartilhar.

  • Para entender que tudo muda e nada é permanente.
  • Quando você quer algo, separe o desejo da pessoa ou coisa.
  • Care mais de suas próprias necessidades primárias e emocionais.
  • Fale com os amigos do sujeito.
  • Quando você quer ou precisa de algo, primeiro pense, o que o prazer te trouxe não pode deixar de querer (a coisa ou a pessoa).
  • Lembre-se de que estamos viciados no momento agradável da situação, não na pessoa ou coisa.
  • Prática de meditação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Frases de um Homem que Nao te Ama Mais

Frases Comuns de um Homem que Não te Ama Mais!

Fortalecer Relacionamentos

3 Maneiras Simples de Fortalecer Seus Relacionamentos!