As 4 Dicas de Como Agir Quando um Homem Brinca com Você!

As 4 Dicas de Como Agir Quando um Homem Brinca com Você. Além disso, as emoções e sentimentos, somos capazes de nos conectar com os outros e ter empatia, mas isso também tem suas desvantagens. Entre outras coisas, as emoções abrem uma nova maneira pela qual somos psicologicamente vulneráveis, porque nos torna capazes de nos iludir com projetos que são realmente uma farsa.

É por esse fato que muitas pessoas que chegam à terapia psicológica o fazem com uma pergunta em mente: como agir quando um homem brinca com você? Embora homens e mulheres possam manipular emocionalmente outras pessoas, quando alguém do gênero masculino faz, certos fatos são mais prováveis ​​de ocorrer, esse tipo de atitude. Então, veja As 4 Dicas de Como Agir Quando um Homem Brinca com Você!

As 4 Dicas de Como Agir Quando um Homem Brinca com Você
As 4 Dicas de Como Agir Quando um Homem Brinca com Você

As 4 Dicas de Como Agir Quando um Homem Brinca com Você:

1 – Adote uma Distância Saudável:

A fim de alcançar um ponto de vista tão objetivo e neutro quanto possível sobre o que está acontecendo, você deve se concentrar nos fatos, como você sabe o que aconteceu, e deles tirar conclusões.

Você deve evitar adotar afirmações como “não gosta de mim” ou “brincar comigo” como ponto de partida, uma vez que são idéias que, de qualquer forma, concluiremos assim que considerarmos tudo o que aconteceu, mas não antes.

Portanto, é bom que você crie listagens e esquemas que descrevam a situação. Quando você vê uma afirmação na qual há implícita uma interpretação muito subjetiva dos fatos, elimine-a e substitua-a por outra.

2 – Tome uma Decisão:

Uma vez que você tenha alcançado uma descrição mais ou menos objetiva do que está acontecendo, pare para pensar se o grau em que essa pessoa jogou com seus sentimentos merece parar de ver ou deixar você saber o que sente e deixar um tempo razoável (para ambos ) para corrigir sua atitude.

No caso de você decidir quebrar para sempre a relação de amizade ou parceria que você teve, ou que depois de um tempo não mudou significativamente para melhor, passe para a próxima dica.

3 – Não Fique Obcecado com o que você Pode Pensar:

Em situações em que decidimos cortar o relacionamento que tivemos com alguém, geralmente nos encontramos com um dilema que apresenta duas opções: dar prioridade aos próprios sentimentos ou dar prioridade aos sentimentos do outro .

Nesse caso, é muito importante concentrar-se no que se sente e, assim, destacar-se da responsabilidade de fazer com que a outra pessoa se sinta de certa maneira.

Se, ao invés disso, você ceder ao desejo de fazer a outra pessoa nos perceber como queremos que ele faça, estaremos alimentando uma dinâmica que continuamos a depender do outro. Em outras palavras, se você fizer isso, você realmente dá espaço para continuar brincando com suas emoções.

4 – Evite se culpar

Nesses casos, é fácil cair no erro de se culpar por não ter feito o relacionamento funcionar. No entanto, isso é apenas uma consequência do fato de que eles jogaram conosco e geraram uma dinâmica de dependência em que uma parte dá muito e a outra quase nada. O fato de ter analisado os fatos da maneira mais objetiva possível nos protegerá contra esses pensamentos negativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Maneiras de Construir Perdão no Relacionamento

7 Maneiras de Construir Perdão em um Relacionamento!

Amizade Unilateral

Amizade Unilateral: O que é, Sinais e Como Lidar!